A História conta o processo de mudança das Relações de Comércio ao longo do tempo: Desde épocas remotas, incluindo o Escambo, o Caixeiro Viajante até os dias atuais.

Mas quem de nós se lembra disso quando vai fazer compras?

Vivemos na era das Lojas Físicas, das famosas Ruas de Comércio, dos grandes Shopping Centers e dos Hipermercados. E é como se sempre tivesse sido assim!

Agora, algo novo já vem sendo e precisará ser contado pela História…

A Realidade Digital vem “invadindo” nossas vidas e, sem que tenhamos percebido, passamos a depender do Computador, dos Smartphones, dos Aplicativos, para atender nossas necessidades, solucionar dúvidas, resolver problemas e, claro, fazer nossas compras.

As Relações de Compra e Venda Online vem crescendo a passos largos nos últimos tempos.

E o Cenário Mundial, que restringiu a circulação das pessoas, acelerou, intensificou sobremaneira esse processo e expôs de modo expressivo as reais vantagens desse tipo de Varejo.

É consenso entre os especialistas que a Venda Online permanecerá em franco crescimento, mesmo na realidade Pós-pandemia.

Já é fato: a previsão do Google, em 2016, para o crescimento das Vendas Online, no Brasil, era de 12,4% até 2021.

A realidade é bem diferente: a previsão para o final de 2020, segundo a SBVC (Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo) é um crescimento de 43% em comparação com anos anteriores.

Também não há dúvidas sobre os benefícios do E-commerce, para os envolvidos nessa relação:

Para quem Vende é o meio mais rápido de ampliar Mercado, mais eficaz para atingir um maior número de potenciais Consumidores, fidelizar Clientes, expor uma gama mais abrangente de Produtos e minimizar Custos.

Para quem compra o E-commerce possibilita, em um Único Ambiente, verificar diferenças de Preços, comparar Fichas Técnicas, ter Acesso à Referências de outros Consumidores e receber o Produto na comodidade da sua casa.

Por esse motivo, independente do tamanho ou do tipo de negócio as Empresas têm inserido a Relação com seus Consumidores, no Mundo Digital.

Então, resta nos perguntarmos como estamos nos preparando para essa Nova Realidade?

Sim, temos que ser Resilientes, nos adaptar. Mas, para além disso precisamos transformar nossa Resiliência em ação: Conhecer os novos Caminhos que a Tecnologia oferece e fazer Investimentos.

O primeiro passo, nesse novo processo, é considerar que, atualmente, a busca por respostas e soluções e, claro, as Compras, acontecem em Dispositivos Mobile.

As pesquisas indicam uma forte tendência de que os Mobile ultrapassem rapidamente os Desktops como Meio de Compra.

Então, ter um Site ou Loja Virtual Responsivo Mobile já significa ter uma Vantagem Competitiva.

Existem, ainda, outras ferramentas para potencializar o E-commerce.

Chatbot

Criado para estabelecer comunicação e dar respostas imediatas, este software é capaz de manter uma conversa com o usuário humano, contribuindo para a experiência do Cliente. Grandes Empresas de Varejo já utilizam esse recurso há algum tempo.

Omnichannel

Com o objetivo de interligar a relação online e offline na experiência do Consumidor, esta ferramenta permite que o comprador, indo à loja física, utilize o aplicativo para buscar produtos, veja detalhes do que deseja comprar, compare o preço online e da loja física e, escolha como vai finalizar a compra (online ou offline). E pode levar o produto ou receber em casa.

Realidade Aumentada

Esta ferramenta é diferente da Realidade Virtual, que leva o usuário para uma realidade criada, fora do mundo real.

A Realidade Aumentada une o código QR e um programa de computador para projetar objetos virtuais em uma imagem de mundo real, oferecendo informações adicionais e maior interatividade com o Consumidor.

Hub de Integração

Esta é a plataforma que conecta Lojas Virtuais ao Marketplace automaticamente e Integra os principais Canais para que você venda seus Produtos em um ou vários Ambientes Compartilhados.

É bom considerar que a Tecnologia é muito dinâmica e portanto é preciso estar atento para acompanhar a evolução e escolher com sabedoria o que cabe melhor no seu negócio.

O importante é manter a mente aberta e consciente de que existe uma questão, que precisa da tecnologia para acontecer, mas é mais abrangente nessa nova ordem ‘Vender / Comprar’: o vínculo mudou e um novo tipo de Experiência vem com esse modelo de Relação: o Comprador não vai até o Vendedor (Loja no Mundo Real) / O Vendedor é que vai até o Comprador, esteja ele onde estiver (Loja no Mundo Digital)!

Diante disso, fico pensando se o Caixeiro Viajante realmente morreu ou se somos os novos Caixeiros Viajantes…  Caixeiros Viajantes Tecnológicos:

Enchemos nossa mala Tecnológica com nossos Produtos e saímos por aí, a visitar, atender e conquistar nossos Clientes, viajando pelo Mundo Digital!

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *