Com o advento do mundo digital, que passou a permear as relações de negócio e gerou inevitáveis mudanças no comportamento do consumidor, as velhas regras tiveram que ser substituídas porque o jogo é novo.

O consumidor, antes da “era digital”, não detinha o controle sobre o consumo; agora domina suas escolhas, desde as formas de consumir até os canais, plataformas, conteúdos, etc., que lhe interessam.

Mas a regra básica para os empreendedores continua a mesma, não mudou: a necessidade de atrair novos consumidores, transformá-los em clientes e mantê-los fiéis à marca.

Então surge a questão: como realizar esse processo de atração e retenção de clientes, na realidade do espaço digital?

Para conquistar e manter clientes não cabem, ou não bastam, ações tradicionais de marketing: anúncios de vários tipos, contato direto por telefone, e-mail, estandes de vendas em eventos, etc; o chamado Outbound.

Por esse motivo, o Inbound Marketing é a estratégia mais apropriada para tempos digitais.

Inbound Marketing

A melhor tradução para Inbound Marketing é Marketing de Atração; é também chamado de “Novo Marketing”.

“O termo começou a ser usado por Brian Halligan, cofundador da empresa Hubspot.

Porém, segundo o guru americano Peter Druker, os princípios do Inbound Marketing já se desenvolvem há décadas e tem sua fundação principal no conceito de Seth Godin, o Marketing de Permissão, presente no livro “Permission Marketing” de 1999.”

fonte: https://rockcontent.com/br/blog/o-que-e-inbound-marketing/

O Inbound Marketing compreende técnicas de Marketing que visam alcançar um público específico através da criação e do compartilhamento de conteúdos de relevância para esse público.

A finalidade dessa estratégia é estabelecer um canal que leve à permissão de se comunicar com o cliente potencial, para iniciar um relacionamento objetivo, próximo e duradouro.

Ou seja, em tempos em que o consumidor é quem vem até a empresa e não o contrário, atraí-lo com conteúdos significativos é o método para, a seguir, apresentar as soluções que seu negócio pode oferecer e torná-lo seu cliente.

Essa é a nova aplicação do Marketing na Realidade Digital: a relação entre o consumidor e publicidade se tornou a conexão internauta e comunicação online.

Publicar assuntos de valor para o cliente, combinar a criação de conteúdo com automações de envios, traçar um caminho orgânico para atrair a atenção das pessoas, manter ativo esse relacionamento com elas, é fazer Inbound.

Há diversas vantagens do Inbound sobre o Outbound que valem a pena ser levadas em conta:

No caso do Outbound, o custo das ações de Marketing é, frequentemente, alto, o que limita esse tipo de publicidade para empresas de todo porte ou segmento, sem distinção.

Além disso, em geral, não é possível avaliar claramente o quanto uma ação de Outbound realmente influenciou o resultado das vendas.

Já o investimento em Inbound é muito menor, por se basear na comunicação contínua entre empresa e consumidor, usando conteúdos compartilhados.

Isso é o que também torna mais viável, fácil e precisa a medição real dos resultados dessa comunicação nos ganhos do negócio, através da mensuração de visitas à página do site e do e-commerce, produtos e serviços mais vistos e mais comprados, avaliações e reviews (análises críticas em sites, blogs e redes sociais), etc.

Essa mensuração também possibilita o melhor direcionamento das estratégias futuras do Marketing.

Atrair clientes em potencial por meio de conteúdos relevantes agrega valor para produtos e serviços e, portanto, para o negócio, seja ele de qualquer segmento, grande ou pequeno, B2B ou B2C.

O Inbound é uma tendência e uma necessidade para atingir os resultados esperados pelos empreendedores em seu negócio online:

Expandir o público que entra em contato com os conteúdos publicados; ampliar o volume de tráfego no site, e-commerce, blog, fanpage;

Fomentar a atração de novos clientes;

Fidelizar a base de clientes e, por consequência,

Potencializar o aumento das vendas.

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *